Notice (8): Undefined index: tagdescription [APP/View/Layouts/default.ctp, line 23]"> Notice (8): Undefined index: tagkeywords [APP/View/Layouts/default.ctp, line 24]"> Notice (8): Undefined index: tagauthor [APP/View/Layouts/default.ctp, line 25]">
NEWS

O que esperar do All-Star 2016?

#Artigos | 17/11/2016 15:20:45

Certamente você já deve ter visto algo sobre o All-Star, a próxima competição que deve ser o alvo dos espectadores de League of Legends por todo o mundo.

Diferente de outras competições, os times All-Star são escolhidos pelo público por votação, com uma regra importante que previne um time completo, como a CNB, RED Canids entre outros, ser escalado. Apenas dois jogadores de cada time podem integrar essa equipe.

A votação do Brasil já foi feita e o time que nos representará, ou ainda, o CBLOL no IWCA, é o seguinte:

  • Topo: Yang (INTZ)
  • Caçador: Revolta (INTZ)
  • Meio: Kami (paiN Gaming)
  • Atirador: pbO (CNB e-Sports)
  • Suporte: Dioud (RED Canids)

 

Antes de ser uma votação feita por base em critérios de habilidade, o time formado por essa votação expressa muito mais a popularidade dos jogadores, mesmo que não sejam os mais populares da região.

 

No caso de Yang e Revolta, dado que são do time que representou o Brasil no mundial, há quem diga que é onde a popularidade se alia à habilidade, uma vez que Revolta é um dos jogadores mais carismáticos do cenário e por muitos considerado o melhor Caçador Brasileiro.

Quanto a Kami, ele mesmo declara que acredita que tanto o midlaner da CNB quanto da INTZ tiveram melhores performances nesse ano, mas dono de uma das maiores bases de fãs no Brasil garantiu sua vaga nesse time que nos representará.

Por fim temos duas escolhas bem curiosas, pbO, atirador da CNB e Dioud, suporte da RED Canids. Enquanto Dioud é certamente o jogador estrangeiro a ter o melhor resultado efetivo no Brasil, tendo sido inclusive o único jogador de fora do país a se tornar Campeão Brasileiro, pbO tem conquistado crescentemente popularidade especialmente em um ano onde passou pela quase queda do CBLOL até o vice campeonato.

Dessa forma, muitas considerações têm de ser feitas diante da cobrança a ser feita em cima desses jogadores, a principal delas é o entendimento de que não estamos falando de jogadores que tem um longo treinamento juntos.

Embora o tempo até a competição seja até generoso, não é possível se esperar que tenham um desempenho similar ao de um time com grande entrosamento,  que já tenham certa bagagem de sinergia e de compreensão do estilo de jogo um do outro.

Outro aspecto a se considerar é a experiência desses jogadores em competições internacionais, longe de casa e que geram um choque pelo abandono da zona de conforto. Esses fatores em somatória devem ser sempre lembrados para que não se crie uma expectativa irreal que venha ter como consequência uma cobrança desmedida

A competição do IWCA dá ao vencedor uma vaga para o All-Star, de forma similar a como acontece no IWCQ, portanto o time do Brasil enfrentará as outras regiões de Wildcard para tentar obter essa vaga.

Por: Gabriel "Arddhu" Gastaldo

* (Foto: Divulgação/Riot)

Publicidade

Leia também

CBLOL 2017 - Semana 01/Dia 02

23/01/2017 12:12:19

Keyd com nova Lineup de estrelas

29/11/2016 11:51:16

Publicidade
Youtube
Instagram
  • Carregando...
Publicidade